O ex-"Hospital de Tuberculose" Sanatório Beelitz é espaço de inspiração e primeira estação do projecto www.zauberberg.org. A construção (edificada entre 1898 e 1930) é um conjunto cheio de estilo, um espaço de cultura e de arquitectura inovativa, e, na sua função de Sanatório para a classe operária de Berlim, concebida de uma forma extremamente livre e grandiosa.
O Sanatório Beelitz representa hoje um monumento cultural para cuja conservação e vivificação acções culturais como este projecto intervêm.

Principais espaços de trabalho são, na grande área de cerca de 200 ha, o sanatório feminino (A 4), a estação central de banhos (C 2), a cirurgia (A 11), o ex-"hospital de tuberculose" do Sanatório.
A Estação Cirúrgica origina da última fase-de-construção. É o mais moderno edifício de todo o conjunto, com detalhes das contemporâneas tendências expressionistas (arquitecto: Fritz Schulz). Embora anterior ao verdadeiro avanço da Medicina no combate à Tuberculose através do uso de antibióticos, manifestam-se já aqui os avanços arquitectónicos em termos de instalações hospitalares: os predominantes quartos de uma cama, têm em conta o carácter da doença e as necessidades de higiene. Paralelamente aos antigos e já comprovados métodos de tratamento das longas curas de repouso, são utilizados modernos métodos de operação.

Neste lugar visionário, Cultura e Técnica estão ligadas.
Como exemplo de destaque para a técnica de comunicação e como a mais moderna aquisição técnica, conta a maior estação de rádio, que a AEG, cerca de 1928, instalou na área do Sanatório.